Trabalhar na Espanha

Conseguir o primeiro trabalho é algo que praticamente todos nós ja vivenciamos. Das duas uma: Ou você pode estar realmente preparado para o mercado laboral ou não saber nem por onde começar.

E quando se trata de buscar o primeiro emprego em outro país? Como funciona?  Por onde começar?

Antes de tudo, entenda que atualmente a Espanha encontra-se em crise e recessão econômica, o que torna tudo mais dificil. Parece exagero o que vou dizer, mas conseguir um trabalho no país se tornou um grande desafio para maioria das pessoas.

A taxa de emprego é uma verdadeira montanha russa: ora sobe, ora desce. Depende da epoca do ano, do tipo de contrato, de área e salarios. Tocando nesse assunto, saiba que essa é uma das grandes frustações atuais entre os trabalhadores espanhóis. A má qualidade e a desvalorização da mão de obra.

Como enfrentar a crise e buscar trabalho ?

Para enfrentar todos esses obtáculos é preciso elaborar um plano que te permita competir com profissionais espanhóis e conseguir um contrato de trabalho estável.

Listaremos algumas dicas importantes:

♦ Elabore seu CV de acordo com as normas estabelecidas pela União Europeia.Aqui você encontra o  Modelo Curriculum Vitae

♦ Se você têm curso superior verique a possibilidade de reconhecimento do mesmo no país. O mesmo vale para pós-graduação. Como validar diploma brasileiro na Espanha

Se você não têm o ensino superior, mas possui o ensino médio ou cursos tecnicos tente fazer o mesmo. Homologar Estudos realizados no Brasil

Permaneça legalmente no país. Se você tem documentação, se inscreva no Servef (centro de emprego e desenvolvimento laboral ) da sua cidade.

♦ Possuir outros idiomas não é um diferencial por aqui, é essencial. Então foca no Inglês, Francês, Alemão e claro no Espanhol.

♦ Se você fez algum curso na Espanha, geralmente as universidades ou escolas oferecem “becas” de trabalho. Uma maneira de adquirir experiência na sua área.

♦ Rede de contatos. Conheça e se relacione com pessoas  o máximo que puder. Isso abrirá portas. Uma boa indicação nunca é demais.

» 5 sites para encontrar trabalho na Espanha

Cadastre seu Curriculum em portais de emprego, isso ajudará você analisar a demanda de ofertas na sua profissão e o salário pago.

 Infojobs.es

 Infoempleo.es

♦ Trabajo.Org

 Ticjob.es 

 Linkedin

Obviamente que buscar um trabalho dependerá do objetivo final que você tem e da sua qualificação. Geralmente o primeiro emprego não será na sua área de formação (se esse for seu caso). A maioria dos estrangeiros começam com atividades mais acessíveis, como: cuidar de crianças e idosos, limpeza de casas e escritórios, etc.

» Quanto pagam na Espanha?

Existem muitos tipos de contratos de trabalho, alguns são temporários (um mês, dos meses, dias ou ate mesmo horas), o que frustra muitos espanhóis e estrangeiros.

Já que relativamente a estabilidade econômica de uma familia depende de um contrato indefinido.

Não, aqui você não ganhará bem. É triste, eu sei. O salário minimo ronda os 700,00 € ao mês. Dependendo da área, um profissional pode receber em média em torno de 22,000 € ao ano, mas no caso de jovens e sem experiência ronda apenas aos 11,000 €. Comparados a anos anteriores, o custo de vida subio (por conta de impostos) e o salário desceu.

» Vale a pena arriscar?

Depende de vários fatores e definitivamente essa é uma escolha totalmete pessoal, porem coisas simples mas que serão muito importantes para avaliar sua decisão é verificar seu perfil profissional,como aprender bem o espanhol, inglês, buscar informações sobre a sua área e de como viver legamente no país vão ser essenciais.

Outra dica muito importante é investir na sua formação. Isso é valido para a Espanha e para qualquer outro país que você vá. Aqui, existe uma certa carência de profissionais em areas como: Expertos em Segurança , Tecnologia e  Engenharia Informática. Também é bom levar em consideração que a população espanhola esta envelhecendo, o que desperta novas medidas laborais para atender essa etapa.

A Espanha é um país lindo, relativamente econômico (dependo da cidade) para viver, tem um bom clima, boa gastronômia, etc. Mas, infelizmente a crise ainda não acabou. Vai de você e das suas prioridades tomar ou não a decisão de vir ao país.

Espero ter ajudado em alguns pontos, um ótimo domingo!!

Fonte: Ministerio del Trabajo    El Pais


Se inscreva no blog e receba diretamente no seu email todas as nossas  novidades. Para entrar em contato, utilize o formulário abaixo.

Saludos!!

Taiana Jimenez

Sou brasileira, residente e apaixonada pela Espanha. Amante de viagens e da cultura espanhola, compartilho com vocês minha experiência e as melhores dicas para quem deseja morar, estudar ou turistar pela terra de Cervantes!